Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.
top of page
  • labctsita

Alunas/os de disciplina eletiva desenvolvem ações de extensão tecnológica com OSCs

"O projeto de engenharia engajada foi uma experiência muito gratificante. Foi uma oportunidade de interação única com meus colegas e professores que não tive em sala de aula antes, e o que mais me impactou foi perceber que mesmo com o pouco que eu sei, é possível, com dedicação e trabalho em equipe, impactar vidas e realizar um trabalho socialmente relevante."

aluno Raphael Batista Rosendo


Foto 1 - Alunas/os do ITA e da Escola Nelson Monteiro na preparação para da Olimpíada Brasileira de Astronomia

Fonte: acervo LabCTS, 2022


Ao longo do semestre 2022.1, as/os alunas/os da disciplina HUM-61 (Construção de projeto de tecnologia engajada) aprenderam os conceitos de engenharia engajada, design criativo, empoderamento, diálogo de conhecimentos e co-criação, para desenvolverem projetos junto a três parcerias:


● SAS/VerMagia: Startup social que provê atendimento oftalmológico a crianças carentes de municípios brasileiros com baixo IDH;

● TETO: ONG que atua com construção de soluções que proporcionam melhorias nas condições de moradia e habitat dos territórios;

● Escola Nelson Monteiro: escola pública de período integral que atende estudantes do EM de São José dos Campos.


Foto 2 - Atendimento voluntária VerMagia

Fonte: acervo SAS Brasil. Foto: Fernanda Ary


Foto 3 - Voluntários Teto na construção da moradia

Fonte: acervo Teto


A disciplina envolveu a aprendizagem de processos de entrevistas e diálogos com representantes das parcerias para a identificação de problemas/dores (problem-based learning). A partir disto, foram prospectadas soluções práticas e sustentáveis, que a seguir foram validadas e co-construídas com as/os parceiras/os de projeto. Ao final do semestre, os resultados foram as seguintes ações e projetos:


● Integração do forms para coletas de dados das/os responsáveis pelas crianças e do forms para coleta dos dados pelas/os profissionais das escolas com a base de dados da startup SAS.

● Automatização da sistematização de dados e gráficos para agilizar as análises, elaboração de relatórios, a alimentação do site Teto e a partilha de informação com a comunidade e demais parceiros.

● Desenvolvimento de plataforma de preparação para olimpíadas escolares, como a Oba (Olimpíada Brasileira de Astronomia), e que possa também oferecer subsídio para as/os professoras/es de física em suas aulas.


Foto 4 - Cartilha desenvolvida pelos alunos do ITA para o projeto VerMagia

Fonte: acervo LabCTS, 2022


"Foi transformador observar o quanto a educação e tecnologia ajudam na formação dos alunos"

aluno Luís Eduardo de Castro Sá


Foto 5 - Produto minimamente viável (MVP) para escola Nelson Monteiro

Fonte: acervo LabCTS, 2022


As parcerias e projetos continuam no semestre 2022.2, na disciplina eletiva HUM-62 (Execução de projeto de tecnologia engajada).



35 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page