Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.
top of page
  • labctsita

Projeto de tecnologia engajada em parceria com a Escola Euclides Bueno Miragaia


Durante o segundo semestre de 2023, quatro alunos da disciplina eletiva HUM-62 (Implementação de projetos de tecnologia engajada) dedicaram-se a melhorar o sistema de chamadas da escola Euclides Bueno Miragaia, que atende mais de 500 alunos do ensino fundamental e ensino médio.


Na primeira visita à escola, perceberam-se os desafios que a escola enfrentava com o atual sistema de chamada utilizado, como a dificuldade para registrar as faltas e analisar mensalmente/anualmente a quantidade de faltas de cada aluno e a dificuldade de notificar os responsáveis sobre o desempenho dos alunos. Conforme explicitado pela secretária que acompanhou a visita, essas práticas demandavam um grande tempo dos funcionários, já que eram realizadas de forma manual, com uma planilha não automatizada.


Foto 1: Análise da planilha antiga e possíveis otimizações a serem realizadas


O projeto teve como foco a facilitação/automatização dos procedimentos de controle e análise de dados da escola. A primeira facilidade da solução construída é a de marcação de faltas dos alunos, que otimiza o tempo, em virtude de apenas precisar assinalar os faltantes. O armazenamento também é facilitado, uma vez que compila os dados de cada aluno, com o contato do seu respectivo responsável. Além disso, adicionou-se à planilha a possibilidade de envio de mensagens automatizadas via WhatsApp para os responsáveis alertando sobre porcentagem de falta e indisciplina. Finalizando, criou-se uma aba de dados que permite analisar as taxas de faltas em cada data de cada aluno.


Para a implementação, gravou-se uma série de vídeos de capacitação para os funcionários da escola, a fim de mostrar as funções da planilha e como utilizá-la.


Atualmente, os alunos já estão registrados na nova planilha e os funcionários se mostraram muito impressionados com as facilidades construídas, além de otimistas com a implementação da planilha para 2024, relatando que a nova planilha facilitará muito o trabalho na escola, e que as automatizações pouparão muito tempo.


Foto 2: Exposição das funcionalidades e automatizações da nova planilha


Adotando uma abordagem de engenharia engajada, nós, os alunos do ITA envolvidos nesse projeto, entendemos a importância de co-construir soluções que não apenas atendam às necessidades técnicas, mas que também respeitem e incorporem os valores, práticas e conhecimentos locais da escola. Considerando a reciprocidade e o diálogo constante promovidos pela engenharia engajada e os princípios CTS, estamos otimistas e confiantes de que as soluções propostas não só resolverão problemas técnicos, mas também fortalecerão a comunidade educacional como um todo.


O projeto contribuiu com o empoderamento da escola, pelo compartilhamento de conhecimentos técnicos, garantia de melhores condições de trabalho e fomento de autonomia. Ele também contribuiu com a formação profissional da gente, alunos do ITA, por ampliar os horizontes para identificação de resolução de problemas. Isso foi realizado por meio do nosso aprendizado a respeito de co-construção e diálogo de saberes, seguindo essa metodologia. Esse projeto implica o desenvolvimento de diferentes habilidades necessárias para um bom engenheiro, como gestão de projetos, comunicação, empatia, diálogo de saberes, co-construção, liderança, pensamento crítico e criatividade.

 

Por: Ricardo Graco de Souza Lima Castellano

13 visualizações0 comentário
bottom of page