Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.
top of page
  • labctsita

Publicação - "From empowerment to emancipation - a framework for empowering sociotechnical interven"


Jornal Internacional de Engenharia, Justiça Social e Paz


John Bernhard Kleba

Instituto Tecnológico de Aeronáutica

Cristiano cruz

Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA)


Engenheiros engajados pretendem transformar a sociedade trabalhando com pessoas em desvantagem estrutural ou com vulnerabilidade. Neste artigo, propomos uma estrutura de oito dimensões, para potencializar os efeitos transformadores de projetos sociotécnicos, com base no conceito de empoderamento. Examinamos cinco periódicos no campo da tecnologia e sociedade, assim como da extensão engajada, para concluir que a maioria dos autores usa a ideia de empoderamento sem definir seu significado. A segur, lançamos luz sobre esse conceito, debatendo algumas de suas características essenciais e interpretações errôneas. As oito dimensões, que vão da inclusão sociotécnica à emancipação política, são ilustradas à luz de projetos de engenharia reais. A emancipação não deve incluir apenas uma articulação adequada de todas as dimensões mencionadas (densidade), mas também é resultado de realizar a intervenção com cuidado e senso crítico (qualidade). Debatemos como intervenções sociais bem intencionadas também correm o risco de serem desempoderadoras. Para demonstrar como o enfoque proposto pode iluminar intervenções de engenharia em seus impactos empoderadores em diferentes âmbitos, tecemos uma comparação de projetos praticados pela Enactus e pela engenharia popular, a partir dos critérios de densidade e qualidade.


KLEBA, J.; CRUZ, C. From empowerment to emancipation - a framework for empowering sociotechnical interventions. Journal of Engineering, Social Justice and Peace, 8, 2, p. 28-49, 2021. https://doi.org/10.24908/ijesjp.v8i2.14380



18 visualizações0 comentário

Comentarios


bottom of page